Ultramedcampos

contato@ultramedcampos.com.br
  Contato : (22) 2736 - 9350   

Asma: saiba como prevenir e controlar a inflamação dos brônquios

De origem genética, a incidência de asma é ainda mais comum nesta época do ano. Conheça seis cuidados essenciais para amenizar os sintomas:


Um dos problemas respiratórios mais comuns no mundo, a asma é uma doença de origem alérgica, que atinge aproximadamente 20 milhões de pessoas somente no Brasil. Trata-se de uma inflamação crônica dos brônquios (tubos que levam o ar para dentro dos pulmões), que compromete a respiração.

Com o ar frio e seco nesta época de inverno, pessoas com a doença tendem a sofrer mais, além de terem possíveis crises de asma: quando a inflamação dos brônquios torna-se intensa e reduz a passagem de ar, causando sintomas de tosse, falta de ar, chiado e aperto no peito.

O chiado que se ouve na respiração de uma pessoa com crise asmática é, na realidade, proveniente do ar que está tentando passar pelo brônquio fechado.

Mais:

De acordo com o pneumologista do Instituto do Coração, do Hospital das Clinicas, de São Paulo (ligado à USP, FMUSP), Carlos Carvalho, a asma não tem cura, mas há tratamentos com medicação que melhoram muito os sintomas e proporcionam o controle da doença, além de pequenas atitudes do dia a dia que podem evitar complicações da doença.

Por isso, selecionamos 6 cuidados essenciais que auxiliam nesse controle. Confira:

1 – Mantenha o ambiente limpo

Inalar partículas de sujeira ou poeira, além do contato com odores fortes, podem desencadear ou piorar a doença.


2 – Tome sol

A vitamina D atua como um hormônio que contribui para a absorção de cálcio, garantindo o bom funcionamento das células imunológicas. Com isso, infecções e doenças crônicas, como a asma, podem ser evitadas.


3 – Não fume

O cigarro diminui as defesas do pulmão e favorece inflamações nas vias respiratórias.


4 – Pratique atividades físicas

Estudos apontam que a prática de exercícios físicos diminui os sintomas da asma


5 – Evite contato direto com animais

Pêlos, descamação da pele, saliva, urina e outros tipos de excreções podem ser gatilhos para o início de uma crise asmáticas. Garantir a limpeza do ambiente onde se convive com o animal de estimação é importante.


6- Alimente-se de forma saudável

A ingestão exagerada de gordura saturada, sal e açúcar agrava a doença. Além disso, o excesso de peso pode piorar a asma.