Ultramedcampos

contato@ultramedcampos.com.br
  Contato : (22) 2736 - 9350   

Beber água no verão pode evitar problemas com pedras nos rins

Um problema de saúde comum pode se agravar no verão: pedra nos rim. Os médicos recomendam um remédio muito simples: beber muita água, já que a água ajuda a evitar a formação das pedras.

Isso é ainda mais importante agora no verão, quando perdemos mais líquidos por causa da transpiração. É exatamente nesta época que mais aparecem os casos de pedras nos rins. Quem já teve cólicas renais sabe o quanto isso dói.

A primeira crise da médica Marinês Dalla Valle Martino veio aos 18 anos. “É um quadro muito intenso e todas as vezes eu tive de procurar um serviço de emergência”, conta.

Marinês passou por várias internações e retirou seis pedras dos rins. “Eu tenho um componente familiar importante. Meu pai tinha cálculo renal e meu irmão tem cálculo renal”, explica.

Além de prestar atenção se há casos na família, é preciso tomar cuidado com outros fatores que favorecem a formação das pedras: infecção urinária, alimentos com muito sal, proteínas como as carnes e ainda a falta de hidratação, ou seja, beber pouca água.

Pesquisas feitas em países da Europa e da África revelam que no verão aumenta o número de internações de pacientes com pedras nos rins, porque as pessoas não se hidratam. Elas não tomam água na mesma proporção em que o corpo perde líquido.

No calor, o corpo transpira mais e isso reduz a quantidade de líquido que passa pelos rins. Substâncias que podem ser nocivas se acumulam no sangue e na urina. Algumas formam cristais. Com o tempo, esses cristais se juntam e transformam em cálculos renais.

Pacientes que já tiveram cálculo renal costumam se lembrar das fortes dores, que começam nas costas, se espalham pelo abdômen e provocam náuseas e vômitos. Se não for tratada, a doença pode provocar complicações como a perda do rim.

“A partir da segunda pedra no rim, ela pode ser desde uma manifestação episódica até doenças graves com formação de inúmeras pedras nos rins, obstruções renais, podendo levar a complicações graves sob o ponto de vista renal e, na presença de infecções, levar pessoas a situações de risco até de desenvolver um quadro muito grave”, explica o nefrologista Bento Fortunato Cardoso dos Santos.

De acordo com os médicos, tomar sucos de frutas cítricas como limão e laranja ajuda a proteger contra a formação das pedras. Mas atenção: não se deve tomar vitamina C pura, que em maiores quantidades está diretamente relacionada à formação do cálculo. Entre 50% e 60% dos pacientes desenvolvem pedras nos rins por causa de fatores genéticos, mas outros casos são provocados mesmo por maus hábitos de alimentação.

Fonte: http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2011/01/beber-agua-no-verao-pode-evitar-problemas-com-pedras-nos-rins.html